Envie esta página a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o teu nome:
o teu e-mail:
nome do seu amigo:
e-mail do seu amigo:
o teu comentário:
close

Cultura Automóvel

2013-12-23 16:25:49

Cuba deixa de proibir carros importados ao fim de 55 anos

O país está atualmente repleto de carros clássicos americanos

 
 
Slideshow
O governo cubano detém um monopólio sobre a venda de automóveis

Cuba suspendeu a proibição relativa às importações de carros desde a Revolução Cubana de 16 de fevereiro de 1959. Desde então as pessoas ficaram presas aos carros que estavam no país na época, à exceção dos poucos carros comprados pelo governo, desde então, que chegaram às mãos dos cidadãos.

Depois de cerca de 55 anos de enclausuramento, Raul Castro decidiu finalmente levantar a proibição sobre a importação de carros novos em Cuba. A falta de carros novos no país significa que a maioria das estradas do país estão cheias de grandes carros americanos dos anos 40 e 50 que foram mantidos na estrada por serem a única opção para os cidadãos que querem ter um carro. Agora que as pessoas podem importar carros novos, estes clássicos americanos vão provavelmente desaparecer lentamente.

Até 2011, até a venda de carros usados ​​entre indivíduos era ilegal. Os cidadãos tinham primeiro de adquirir uma licença especial do governo antes de puderem comprar ou vender um carro usado.

Com as duas restrições agora levantadas, os cubanos poderão importar veículos novos para o país. No entanto, os novos veículos não vão ser baratos porque todos os carros importados terão um imposto de 100% para financiar o sistema de transportes públicos do país.

1 comentário

rodrigo.salgueiro.77
com que dinheiro?
30.12.2013 @ 13:02
Anonymous

Contribuir

publica as tuas notícias e novidades
Contribuir
Cultura AutomóvelTop 10ReviewsSalão Automóvel de GenebraCarros ElétricosCarros HíbridosIndústriaDicas de Condução

artigos populares

A Rivalidade: Ferrari vs Lamborghini
A Rivalidade: Ferrari vs LamborghiniThomas Mallett - 2012.03.28
fechar