Faz deste make teu fã

Esta funcionalidade exige que estejas registado no autoviva

Podes fazer o login da tua conta ou criar uma nova conta.
close
Volkswagen

Volkswagen

Alemanha Alemanha (1938 - presente)
close
Esta funcionalidade exige que estejas registado no autoviva

Podes fazer o login da tua conta ou criar uma nova conta.
close
Esta funcionalidade exige que estejas registado no autoviva

Podes fazer o login da tua conta ou criar uma nova conta.
adicionar secção
Esta funcionalidade exige que estejas registado no autoviva

Podes fazer o login da tua conta ou criar uma nova conta.
História

O lendário “carro do povo”, significado de Volkswagen em alemão, nasceu em 1937 e está sedeada em Wolfsburgo, no estado da Baixa-Saxónia. Atualmente esta é uma das marcas automóveis com maior volume de vendas no mundo.

O primeiro modelo a ser lançado pela Volkswagen foi o mundialmente conhecido BeetleBeetleVolkswagen BeetleAlemanha, 1938 > 200339 versões
98 fotos
3 videos
. Criado em 1934 por Ferdinand Porsche foi concebido para ser um carro para o povo alemão. Foi nessa altura que Ferdinand criou o Beetle, um carro equipado com um motor traseiro refrigerado a ar e tração traseira. Este foi também um dos primeiros carros a ser projetado com a ajuda de um túnel de vento e que seria um sucesso.

Nessa altura, Hitler também demonstrou um grande interesse por carros e exigiu ao designer automóvel Porsche que completasse o Beetle, o único carro da VW na época, e o preparasse para ter uma melhor eficiência ao nível do combustível e para ser económico e prático para os trabalhadores alemães.

Major Ivan Hirst

Major Ivan Hirst

© imagem cedida por: Volkswagen

Em 1938 foi construída em Wolfsburg a primeira fábrica da Volkswagen. Nesse mesmo ano ofereceram a Hitler um Type 1 Cabriolet a propósito do seu quinquagésimo aniversário. A Volkswagen ainda produzia um pequeno número de carros quando a Segunda Guerra Mundial começou em 1939. A guerra significou a produção de veículos seria reconvertida para a produção de veículos militares: o Type 81 Kübelwagen, veículo utilitário, foi o modelo mais comum da VW em tempo de guerra.

A empresa Volkswagen permaneceu ativa após a guerra graças ao Major Ivan Hirst do exército britânico (1916-2000), que controlava a fábrica depois de esta ter sido capturada pelos americanos em 1945 e a deu aos britânicos para gerir.

Inicialmente tinha como objetivo servir como um local para fazer a manutenção de veículos militares, em vez de uma empresa comercial para vender carros. Sentindo que havia alguma falta de transportes ligeiros, o exército britânico ordenou a Hirst para começar a produzir carros que, numa fase inicial, eram destinados ao grupo das forças de ocupação na Alemanha.

Em 1946 a fábrica já produzia 1000 carros por mês. Foi então que a fábrica assumiu o nome "Volkswagen" e as taxas de produção começaram a aumentar. Nessa altura, quase toda a indústria automóvel pensava que a fábrica não iria sobreviver por muito mais tempo e alegava que o carro que produziam era "muito feio e barulhento". Esses críticos incluiam representantes da FordFordFordEstados Unidos da América, 1903 > presente91 modelos
2373 fotos
11 videos
que também afirmaram que Wolfsburg estava demasiado perto da fronteira com a Alemanha Oriental.

Volkswagen No. 1000

Volkswagen No. 1000

© imagem cedida por: Volkswagen


Em 1948 a produção do Beetle foi renovada e a Volkswagen tornou-se o símbolo da regeneração da Alemanha Ocidental. Para além disso, a empresa era agora um fundo controlado pelo governo da Alemanha Ocidental.

Um ano depois a Volkswagen começou a expor e vender nos Estados Unidos. A introdução do Beetle no mercado americano na década de 1950 incluiu um grande volume de publicidade e evoluiu de uma grande hesitação por parte do público em geral para uma grande aceitação e aumento de vendas.

A partir de 1950 a Volkswagen começou, finalmente, a produzir modelos novos, a começar pelo TransporterTransporterVolkswagen TransporterAlemanha, 1950 > presente5 gerações
161 versões
282 fotos
1 video
, destinado ao transporte de mercadorias. Até o final dos anos 60, a empresa comprometeu-se com a política de produção de uma só versão, o que incluía quase todos os modelos, com a exceção do Type 2Transporter Gen.2 [T2]Volkswagen Transporter Gen.2 [T2]Alemanha, 1967 > 197910 versões
70 fotos
e o Karmann GhiaKarmann-GhiaVolkswagen Karmann-GhiaAlemanha, 1955 > 19753 gerações
12 versões
50 fotos
1 video
, que existiam em algumas versões distintas.

As vendas do Type 1 Beetle atingiram o primeiro milhão de unidades em 1954. Oficialmente o nome do carro era apenas Type 1, embora fosse conhecido no geral por Beetle, com várias traduções para diversos países. A fábrica de Wolfsburg da VW só viria a adotar esse nome em 1998, quando foi lançado o novo BeetleBeetle (modern)Volkswagen Beetle (modern)Alemanha, 1997 > presente2 gerações
117 versões
284 fotos
5 videos
baseado no GolfGolfVolkswagen GolfAlemanha, 1974 > presente7 gerações
617 versões
1404 fotos
4 videos
. Em Abril de 1955 foi criada a Volkswagen of America para controlar as vendas e serviços nos Estados Unidos.

Mais tarde, em 1964, a Volkswagen compra a AudiAudiAudiAlemanha, 1909 > presente75 modelos
7287 fotos
27 videos
com vasta experiência em unidades de tração dianteira e motores refrigerados a água e que acabaria por se tornar na salvadora do Grupo VW. A linha de produtos da empresa expandiu-se em 1967 com a introdução de diversos modelos Type 3Type 3 Gen.1Volkswagen Type 3 Gen.1Alemanha, 1961 > 19736 versões
5 fotos
5 videos
, basicamente com variações ao nível da carroçaria, e depois em 1969 com os poucos populares modelos Type 4Type 4Volkswagen Type 4Alemanha, 1968 > 19742 gerações
3 versões
5 fotos
, os 411 e 412. O Type 4 era, no entanto, muito mais sofisticado do que todos os outros, devido às suas inovações ao nível da mecânica.

Todavia, o Type 3 e 4 da VW foram ambos uma desilusão, o que colocou a Volkswagen numa situação delicada no final da década de 60, especialmente porque a sua produção e as vendas estavam quase exclusivamente assentes sobre o Beetle e este carro teria que ser substituído em breve. A solução para o problema foi a já mencionada experiência da Audi em produzir unidades de tração dianteira e motores refrigerados a água, algo que a Volkswagen necessitava fazer para criar um sucessor de confiança para o Beetle. Houve, então, uma esperança renovada para a VW com o lançamento dos modelos PoloPoloVolkswagen PoloAlemanha, 1975 > presente5 gerações
281 versões
519 fotos
4 videos
, Golf (1974) e PassatPassatVolkswagen PassatAlemanha, 1973 > presente8 gerações
334 versões
552 fotos
3 videos
(1973), todos com influências tecnológicas da Audi. A primeira geração do Passat foi realmente como se se tratasse de uma nova geração do Audi 8080Audi 80Alemanha, 1966 > 19954 gerações
39 versões
48 fotos
.

VW Golf 1974

VW Golf 1974

© imagem cedida por: Volkswagen

Em 1971 a Volkswagen acrescentou à sua coleção o Type 113, ou o "Super Beetle", que era diferente porque tinha uma suspensão dianteira McPherson, tinha um bom espaço adicional na bagageira e ampliou a secção frontal. No ano seguinte, o VW Beetle bateu o recorde de produção do Modelo TModel TFord Model TEstados Unidos da América, 1908 > 19205 versões
41 fotos
2 videos
da Ford, com mais de 16 milhões de unidades. O Beetle já ultrapassado ainda assitia ao aumento da sua produção graças às exportações americanas, publicidade e reputação de ser um carro de confiança.

O VW Golf acabou por se tornar no modelo VW responsável por grande parte do sucesso da marca e no modelo mais vendido na Europa. O Golf substituiu a produção do Beetle em Wolfsburg e foi comercializado nos mercados dos EUA e Canadá inicialmente como VW RabbitRabbit (modern)Volkswagen Rabbit (modern)Estados Unidos da América, 2006 > 20094 versões
7 fotos
, e a partir da década de 80 como Golf. Tanto visualmente como ao nível da mecanica, o Golf não era em nada semelhante ao Beetle, especialmente devido ao seu motor refrigerado a água na frente, tração dianteira e carroçaria hatchback típica que se tornou tão popular desde então. A produção do Beetle, que obviamente diminuiu muito, mudou-se para o Brasil e México.

Desde então, o Golf assumiu-se como a base mecânica e tecnológica para outros vários modelos do Grupo Volkswagen, incluindo outras marcas para além da Volkswagen, bem como a principal fonte de produção e vendas da Volkswagen. Isto significa que o seu chassis também tem sido utilizado para dar origem a outros modelos.

Foi apenas em 1976 que a VW produziu o seu primeiro motor a gasóleo. Então, em 1985, a Volkswagen lançou o potente Polo G40Polo Coupé GT G40Volkswagen Polo Coupé GT...Alemanha, 1985 > presente2 fotos
, um coupé de 129 cv com uma velocidade máxima de 218 km/h (135 milhas/h).

A empresa adquire a SeatSeatSeatEspanha, 1950 > presente26 modelos
2113 fotos
4 videos
em 1990 e a SkodaSkodaSkodaRep. Checa, 1895 > presente54 modelos
2199 fotos
7 videos
em 1991. Na década de 90 a Audi sobe até ao nível da BMWBMWBMWAlemanha, 1918 > presente81 modelos
7798 fotos
45 videos
e da Mercedes-BenzMercedes-BenzMercedes-BenzAlemanha, 1924 > presente181 modelos
8907 fotos
33 videos
, o que permite à Volkswagen elevar-se à antiga posição da Audi no mercado e deixando que a Seat e a Skoda ocupem o lugar anterior da VW. Em 1994 a Volkswagen lança o LupoLupoVolkswagen LupoAlemanha, 1998 > 20054 versões
12 fotos
, um carro capaz de percorrer 1000 km (620 milhas) com um depósito de 34 litros.

Fábrica da Volkswagen em Wolfsburgo

Fábrica da Volkswagen em Wolfsburgo

© imagem cedida por: Volkswagen


Em 1997 a J. Mays desenvolve secretamente o Concept One, um carro "retro" muito semelhante ao antigo Beetle. Embora a administração da Volkswagen se tenha oposto ao seu lançamento, também não podiam ignorar a reação positiva do público e então é lançada a nova versão do Beetle (New Beetle), baseado na tecnologia e chassis do Golf. O carro tem, no entanto, sido mais popular nos EUA do que na Europa.

Em 1998 a VW adquire a marca de luxo BentleyBentleyBentleyReino Unido, 1919 > presente33 modelos
1328 fotos
5 videos
e as marcas desportivas LamborghiniLamborghiniLamborghiniItália, 1963 > presente29 modelos
1319 fotos
19 videos
e BugattiBugattiBugattiFrança, 1909 > presente39 modelos
945 fotos
7 videos
, expandindo, deste modo, o Grupo Volkswagen.

Os novos W8 e PhaetonPhaetonVolkswagen PhaetonAlemanha, 2002 > presente36 versões
82 fotos
são lançados em 2001: o W8 é o primeiro VW de 8 cilindros e o Phaeton é o primeiro VW de luxo. O SUV TouaregTouaregVolkswagen TouaregAlemanha, 2002 > presente2 gerações
68 versões
138 fotos
é lançado no ano seguinte, partilhando o mesmo chassis com o Porsche CayenneCayennePorsche CayenneAlemanha, 2002 > presente2 gerações
38 versões
136 fotos
2 videos
.

Após surgirem rumores de que a VW ia adquirir a PorschePorschePorscheAlemanha, 1931 > presente40 modelos
4446 fotos
29 videos
, é a Porsche é que compra 18,65% da VW em 2005, percentagem que sobe para os 30% em 2007, tornando-se assim na maior acionista da VW e ultrapassando o governo do estado alemão da Baixa Saxónia.

As vendas da VW nos EUA começaran a diminuir drasticamente desde 2002, levando a uma perda de quase 1 bilhão de dólares até 2005, alegadamente devido à fiabilidade dos carros do Grupo, que ficaram realmente àquem das expectativas em vários estudos. Ainda assim, a Volkswagen está atualmente a apostar em campanhas publicitárias inovadoras, bem como na sua linha nos Estados Unidos e está determinada a manter a competitividade entre os americanos e canadianos.



Voltar ao topotopo
Logótipo

O logótipo da Volkswagen é bastante simples: um V em cima de um W, cercado por um círculo e um fundo azul. Ainda assim, este é um dos símbolos mais famosos do mundo.

A história do logótipo da Volkswagen é, na verdade, alvo de alguma controvérsia. A história oficial diz-nos que este logótipo foi, supostamente, o resultado de uma competição entre o pessoal do escritório da VW, na qual o vencedor ganharia 50 marcos. Essa pessoa seria Franz Xaver Reimspiess, o engenheiro que também melhorou o motor do Beetle em 1930. O logótipo foi registrado em 1938.

Todavia, o sueco Nikolai Borg reclama os direitos legais sobre o logótipo, afirmando que supostamente teria recebido ordens para começar a desenvolver o emblema VW em 1939. Borg tentou executar uma ação legal contra a VW para que pudesse reaver os direitos de autor, mas a ação não obteve resposta. Portanto, a história da Volkswagen ainda nos diz que o autor do logótpo é Reimspiess.

Desde então, o logótipo sofreu pequenas alterações ao longo do tempo: preto sobre branco, em seguida azul sobre branco e branco sobre preto ou azul. Foi adaptado às necessidades próprias e tecnologias da marca. No final, o azul era a cor escolhida e agora associada à identidade da Volkswagen: amigável, essencial e inovadora. Atualmente e desde o ano 2000, o logótipo tem uma aparência mais tridimensional, combinando os altos padrões da marca com a sua familiaridade.



Voltar ao topotopo
Modelos históricos

VW Beetle

VW Beetle

© imagem cedida por: Volkswagen

O Beetle é claramente o mais emblemático Volkswagen de todos os tempos, para além de ter sido o primeiro modelo VW e o único durante alguns anos. Com o nome oficial Type 1 e também conhecido como o "Carocha", o Beetle foi produzido pela primeira vez em 1938 e foi a principal fonte, para não dizer exclusiva, de produção e vendas da VW durante um longo periodo de tempo, até ao lançamento do Golf. O modelo deixou de ser produzido e foi substituído em 1998 pelo Novo Beetle.

O Type 87 KommandeurswagenCommand VehicleVolkswagen Command VehicleAlemanha, 1946 > 19461 foto
foi uma espécie de Beetle 4x4, com grandes pneus para a areia à semelhança de um carro todo-o-terreno. Foram produzidos apenas cinco exemplares do Type 87, três durante a Segunda Guerra Mundial, que foram supostamente enviados para o norte da África, e outros dois em 1946 para serem avaliados pelos exércitos francês e britânico. Sobreviveu apenas um exemplar, um dos que foi enviado para o exército britânico.

O Karmann Ghia foi um desportivo de dois lugares produzido de 1955 a 1974. O seu nome deve-se ao facto de ter sido projetado pela empresa italiana GhiaGhiaGhiaItália, 1914 > presente2 modelos
4 fotos
e construído pela empresa alemã Karmann.

O VW VW 15001500 NotchbackVolkswagen 1500 NotchbackAlemanha, 1961 > presente1 foto
(1961-1965) e VW 16001600 TL FastbackVolkswagen 1600 TL FastbackAlemanha, 1970 > presente1 foto
5 videos
(1967-1973) foram versões do Beetle com um motor de maior capacidade. Ainda tinham o motor refrigerado a ar tipicamente montado na parte traseira, só que de configuração em linha e mais potente. Estes eram os modelo da linha Type 3.

Os modelos 411411 LEVolkswagen 411 LEAlemanha, 1970 > presente1 foto
e 412 do Type 4 foram produzidos apenas entre 1968 e 1974, carros com motor traseiro e refrigerado a ar e ainda especificações técnicas mais avançadas. Estes foram os primeiros modelos de quatro portas da Volkswagen, embora existissem versões de duas portas também, e eram maiores do que os modelos anteriores. Ainda assim, o Type 4 foi rapidamente substituído pelo Passat, que acabaria com a era dos motores refrigerados a ar da VW.

O VW 181Volkswagen 181Alemanha, 1969 > 19832 versões
, também conhecido como o Thing (ou Coisa em inglês) nos EUA, era um pequeno modelo militar baseado no Beetle. Este carro também chegou a ser vendido como um carro civil. Foi produzido entre 1969 e 1983.

VW 412 and K70

VW 412 and K70

© imagem cedida por: Volkswagen

De 1970 a 1975 a Volkswagen produziu o primeiro modelo de motor frontal refrigerado a água, o sedan de K70K70Volkswagen K70Alemanha, 1970 > 19743 versões
7 fotos
. O número "70" identifica a potência do motor, 70 cv, enquanto que o "K" significa "Kolben", alemão para pistão (motor a pistão). Este carro não foi muito popular, uma vez que apenas foram vendidas 200,000 unidades.

O Volkswagen SP2SP2Volkswagen SP2Brasil, 1972 > presente3 fotos
foi um desportivo para o mercado interno, produzido no e para o Brasil. Supostamente, as iniciais "SP" significam São Paulo, cidade brasileira, mas também existem algumas teorias de que podem representar "Sport Prototype" ou "Special Project". Foi fabricado apenas de 1972 a 1976 porque o mercado brasileiro estava fechado para importações nessa época.

O VW BrasiliaVolkswagen BrasiliaBrasil, 1982 > presente foi outro carro produzido especificamente para o mercado brasileiro e foi produzido entre 1973 e 1982 pela Volkswagen do Brasil. "Brasília" é o nome da capital do Brasil que tinha sido fundada 13 anos antes e que este modelo VW pretende homenagear.

O Dasher era, na verdade, nada menos do que o nome comercial que os Estados Unidos usava para o Passat, tendo sido lançado em 1974. Foi o primeiro Volkswagen de sempre a ter tração dianteira e foi comercializado sob esse nome até 1981.

Fabricado durante apenas 4 anos (1977-1981), o VW DerbyDerbyVolkswagen DerbyAlemanha, 1977 > 19814 versões
12 fotos
foi basicamente a versão sedan de duas portas do Polo. Em 1984 o nome Derby foi substituído por Polo Classic.

VW Corrado

VW Corrado

© imagem cedida por: Volkswagen

O hatchback coupé CorradoCorradoVolkswagen CorradoAlemanha, 1988 > 19965 versões
8 fotos
foi lançado em 1988, especialmente para substituir o SciroccoSciroccoVolkswagen SciroccoAlemanha, 1974 > 19922 gerações
16 versões
11 fotos
. Este carro de três portas deixou de ser fabricado em 1995.

O sedan de duas portas Apollo foi outro modelo fabricado e vendido no Brasil, entre 1990 e 1992. Foi o primeiro carro produzido com o propósito de ser popular e acessível, mas acabou por ser mais um carro de luxo. O Apollo foi, porém, rapidamente substituído pelo VW Logus em 1992/93.

O Logus baseado na mecânica do Ford EscortEscort (UK)Ford Escort (UK)Reino Unido, 1955 > 20007 gerações
71 versões
28 fotos
1 video
foi lançado no mercado brasileiro em 1993. Este sedan de tamanho médio veio substituir o fracasso comercial que foi o Apollo. No entanto, este foi abandonado em 1997, deixando um espaço vazio na gama de sedans de tamanho médio que o Polo Classic preencheria.

O Pointer, produzido de 1994 a 1997, foi um hatchback de cinco portas, mais à semelhança de um pequeno carro familiar, fabricado especificamente para os países sul-americanos. Também disponibilizava uma versão GTI.



Voltar ao topotopo
Automobilismo

A Volkswagen começou a competir em corridas em 1966, no momento em que a Fórmula Vee arrancou na Europa. A Fórmula Vee era uma rota de corridas popular de baixo custo em que os carros concorrentes eram feitos a partir de partes acessíveis do VW Beetle.

Apenas cinco anos depois, a Volkswagen entrou na Fórmula Super V que era mais exigente e famosa por introduzir um grande número de novos talentos no mundo dos ralis ao longo dos seus 11 anos de existência. A VW reuniu algumas vitórias, bem como o campeonato de Fórmula 3.

1980 VW Race Iltis

1980 VW Race Iltis

© imagem cedida por: Volkswagen

Em 1976 foi a vez da Trans-Am Series (Trans-American Sedan Championship) receber o VW Scirocco na sua classe 2000cc.

A Volkswagen inscreveu-se em 1980 para o Rali Paris Dakar com um carro desenvolvido pela Audi, o IltisIltisVolkswagen IltisAlemanha, 1982 > presente3 fotos
. Lá, ganhou o primeiro, segundo, quarto e nono lugares.

Foi apenas em 1981 que a Volkswagen Racing mudou o seu nome para Volkswagen Motorsport e foi recolocada em Hannover. Nesta altura a VW começou a desenvolver carros especificamente para rali, começando com o Golf GTIGolf GTiVolkswagen Golf GTiAlemanha, 1976 > 19833 fotos
.

No momento em que a Volkswagen completou 20 anos no mundo das corridas (1986), seria também o ano em que arrecadaria o primeiro lugar no Grupo A do Campeonato Mundial de Ralis.

O Golf GTI também trouxe para "casa" o primeiro prémio do campeonato britânico de Ralis em 1997 e 1999.

A Volkswagen deu início a um campeonato orientado a uma marca apenas em 1998 juntamente com a ADAC Lupo Cup, que foi substituído em 2000 pelo ADAC New Beetle Cup. Apenas 3 anos depois, este também seria substituído pela ADAC Polo Cup.

No ano 2000 também foi lançado o Volkswagen Racing Cup, onde participavam, evidentemente, apenas modelos de corrida Volkswagen. A corrida tem lugar no Reino Unido, na Fórmula 3 britânica, e ainda continua ativa.

O Touareg fez a segunda participação da VW no Rali Paris Dakar em 2003, terminando em primeiro lugar. De seguida, a Volkswagen desenvolveu o Race Touareg T2Race Touareg T2Volkswagen Race Touareg T2Alemanha, 2004 > presente3 fotos
, que sofreria algumas melhorias significativas a partir de então (2004) e até hoje. O mesmo carro conquistou o 6º lugar no Paris Dakar de 2004, 3º lugar em 2005 e segundo lugar em 2006. Para além disso, chegou ao primeiro lugar na classe Diesel em 2005 e 2006.

VW Race Touareg 3

VW Race Touareg 3

© imagem cedida por: Volkswagen

Os veículos comerciais da VW também aderiram às corridas European Truck em 2004, vencendo a série do campeonato Back to Back de 2004 e 2005.

Atualmente a Volkswagen participa com alguma regularidade em vários ralis de cross-country, tendo conseguido alguns resultados razoavelmente bons. O Race Touareg ganhou, efectivamente, o primeiro lugar em 7 desses ralis, entre 2005 e 2007, no conjunto das 24 vezes em que se posicionou num lugar de pódio. Este carro tem demonstrado a sua resistência ao longo de todo o tipo de terreno, desertos e temperaturas distintas.

Atualmente são o Golf e o Race Touareg 2 que competem nos circuitos. Já passaram mais de 40 anos de esforços da Volkswagen para se destacar no automobilismo.

O Grupo Volkswagen Motorsport inclui marcas do Grupo VW que não a Volkswagen. Entre os concorrentes regulares de rali estão a Audi, Seat, Skoda e Lamborghini.



Voltar ao topotopo
Trivia

A famosa janela de duas partes da Volkswagen foi aplicada até 1953. A partir daí transformou-se numa janela oval de uma parte só, mas ainda pequena. Finalmente, em 1958, a Volkswagen ampliou as suas janelas traseiras, oferecendo aos ocupantes uma visibilidade traseira bastante melhorada.

Até 1960 os motores da Volkswagen não conseguiram superar os 36 cv. Desenvolveram o motor de 40 cv apenas no ano seguinte.

Um motor bloco (feito de alumínio e magnésio) arrefecido a ar da VW  é tão leve que sem algumas peças não pesa muito mais do que uma caixa de papelão. E podiam mesmo ser visto em aeroplanos construidos em casa.

Fechar a porta de um Beetle sem abrir primeiro uma janela podia realmente danificar os ouvidos! Isto devia-se à sua estrutura excessivamente rígida.

Os veículos Volkswagen eram tão económicos que na década de 1960 era possível percorrer cerca de uma milha (1,6 km) apenas com um centavo americano!

Os primeiros motores do Beetle não tinham radiador, uma vez que eram refrigerados a ar.

Adolf Otto Eichmann, mais conhecido como o "chefe executor" da Alemanha nazista uma vez que foi o principal responsável pelo Holocausto que matou milhões de pessoas, trabalhou numa fábrica argentina da Volkswagen.

Os únicos países que continuam a fabricar veículos da Volkswagen são o Brasil e o México.

O Golf GTI foi o primeiro carro desportivo compacto.

A Volkswagen é um dos maiores fabricantes de carros do mundo com uma produção de mais de 5 milhões de carros por ano.



Voltar ao topotopo
fechar